Momento Espírita
Curitiba, 25 de Fevereiro de 2020
busca   
no título  |  no texto   
ícone Visita de um amigo

Querido companheiro, é com muita alegria que te faço esta visita. Sou um amigo que não podes ver com os olhos físicos, mas que te conhece há muito tempo, bem antes do que imaginas.

Onde quer que estejas, estou contigo. Sou teu anjo da guarda, e te protejo desde antes do teu nascimento.

Vi teus primeiros passos e te acompanho em todos os momentos da tua vida. Mesmo que não me percebas conscientemente, sei que tua alma já sentiu minha presença.

Algumas vezes, nós, os anjos guardiães, acompanhamos nosso protegido por várias existências corporais.

Durante a tua caminhada na Terra, muitas dúvidas passaram pelos teus pensamentos. Achas que não sei? Quantos erros e quantos acertos!

Gostaria que soubesses que, a cada alegria, conquista, dúvida, medo, angústia e decepção, estive e estarei sempre ao teu lado, vibrando por ti e consolando-te quando necessário.

Lembro-te que és falível. Assim, quando errares, o importante é aprenderes com o erro e tentares fazer diferente da próxima vez.

Por mais difícil que pareça, todo problema tem uma solução. Nesses momentos de dificuldade, tens que fortificar a fé e confiar em Deus nosso Pai.

Agir buscando as soluções que estão ao teu alcance, com resignação, sem revoltas, fazer a tua parte, lembrando de entregar nas mãos de Deus o teu caminho, confiando.

Não te esqueças de mim nesses momentos de aperto no coração, pois jamais te esqueço. Sou um instrumento do Pai Criador e estou aqui para ajudar-te a progredir.

Minha missão é te guiar pelo caminho do bem, ajudar-te com os meus conselhos, levantar-te o ânimo e consolar-te nas aflições.

Para facilitar o meu trabalho, nunca te esqueças de orar e alimentar bons pensamentos. Como Espírito protetor, posso te ajudar através da intuição, do pensamento e dos sonhos.

Chama-me pelo nome que quiseres e aí estarei a te amparar.

Guarda a certeza de que nunca te abandono. És tu que, por descuido ou fraqueza, às vezes não me escuta e se entrega às más influências. Quando erras, eu lamento.

Posso não estar fisicamente tão próximo, mas a minha sintonia contigo faz meus pensamentos vibrarem por ti.

Faze de mim o teu melhor amigo e divide comigo as tuas alegrias, porque quando vejo que estás feliz, vibro de felicidade. A tua alegria é minha também.

Agradece ao Pai bondoso e misericordioso que permite que cada vida na Terra seja acompanhada por um Espírito protetor.

Vibro para que sigas pelo caminho do bem e acertes nas tuas escolhas.

Tens o teu livre-arbítrio e sei que as escolhas dependem de ti. Rogo, então, a Deus para que os bons valores morais sirvam de orientação em cada uma das decisões que tomares.

Fica em paz!

Redação do Momento Espírita, com base nos itens 489 a 504
de
O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec, ed. FEB.
Em 22.1.2020.

 

Escute o áudio deste texto

© Copyright - Momento Espírita - 2020 - Todos os direitos reservados - No ar desde 28/03/1998