Momento Espírita
Curitiba, 26 de Setembro de 2020
busca   
no título  |  no texto   
ícone Pedregulhos da jornada

Quando os problemas se avolumam, sempre mais intrincados...

Quando o pão escasseia, apesar do trabalho e do esforço...

Quando o chefe nervoso te acusa de indolente e descuidado...

Quando te acusam de faltas que não cometestes...

Quando os amigos te adjetivam de indiferente e descaridoso, apesar da tua boa vontade para com eles...

Quando a dor da saudade te despedaça o ser, imolando-o a pouco e pouco em melancolia desmedida...

Quando o cansaço físico te toma o corpo, citando-o incontinente...

Quando a solidão pesa nos dias que se sucedem, mornos e tediosos...

Quando a vida carece de sentido e os desejos não são satisfeitos...

Que fazes?

Cedes o Espírito ao desespero, descendo pelo resvaladouro sempre mais fundo do desânimo, abandonando-te às malhas da revolta?

Para para meditar um instante acerca do significado da vida que te honra o corpo.

Lembra-te do Pai que a tudo provê, do Pai amoroso e bom que Jesus desvendou a teus olhos habituados a conceitos antropomorfos e a um Deus circunscrito.

Aproveita as mensagens que te chegam aos ouvidos qual cantilena divina, a cada dia mais pujantes e alentadoras.

Não mergulhes no mar das queixas, inundando de lágrimas o continente da tua alma.

Para um momento, no torvelinho em que te debates e entrega-te ao Criador, ao Senhor da vida...

Retira-te para dentro do teu próprio ser, e ora.

Armas poderosas confiadas a ti, usufrui dos bens sublimes da fé e da prece. Faze tua oração humilde. Expõe ao Senhor tuas dificuldades.

Dirás talvez que Ele as deve conhecer e não se faz necessário que as enumeres.

Entretanto, é tua alma que requer entendimento e um amigo que a ouça. Fala com Ele, íntima e longamente.

Tem certeza que, ao final do teu reencontro com as forças superiores, sentir-te-ás revigorado e feliz.

Divisarás, logo além, ao alcance das tuas mãos, luzes brilhantes de nova aurora que há pouco não conseguias enxergar.

O sol da esperança bafejar-te-á com seus raios e partirás para os próximos cometimentos disposto a lutar e vencer.

Todos nós, conhecedores do Evangelho de Jesus, dispomos dos meios para triunfar de todas as batalhas.

 Você sabia...

 ...que para aquele que verdadeiramente crê em Deus não existem lutas que não possam ser vencidas? Isso porque sabe que todas as dores e dificuldades podem ser superadas.

Quem sabe que a experiência na carne é oportunidade valiosa não esmorece ante os problemas. Isso porque reconhece que os pedregulhos colocados na caminhada terrena são provas que, vencidas, conferirão ao que caminha possibilidades de galgar mais um degrau na escalada do progresso.

*   *   *

Viver não é somente sobrevoar as montanhas mas também caminhar pelas trilhas, vencendo passo a passo cada trecho, parando para examinar os percalços, observando, aprendendo.

 

Redação Momento Espírita.
Em 17.12.2012.

© Copyright - Momento Espírita - 2020 - Todos os direitos reservados - No ar desde 28/03/1998