Momento Espírita
Curitiba, 23 de Setembro de 2020
busca   
no título  |  no texto   
ícone Um novo mundo

Quem nunca sonhou com um mundo onde todos pudessem viver em constante clima de fraternidade, de amor e de esperança?

Um mundo no qual as armas não existissem e onde todos tivessem as mesmas oportunidades de crescimento pessoal e social? Um mundo onde viveríamos sobretudo do amor; onde o Criador seria uma presença insubstituível e reinaria soberano na família humana, como fonte inesgotável de todas as dádivas.

Quem não sonhou com esse lugar? Qual de nós não quer viver em um mundo regenerado?

Independente de nossas opções políticas, filosóficas ou religiosas, todos carregamos intimamente esse sonho.

Contudo, devemos nos conscientizar de que os elementos que irão promover as mudanças necessárias para transformar o mundo de hoje em um novo lugar somos nós mesmos.

A História nos diz que a transformação do planeta começou com a nossa própria modificação.

Há mais de dois mil anos, a Misericórdia Divina nos enviou Jesus que, através de Seus ensinamentos, veio nos oferecer diretrizes para essa obra de recuperação moral e espiritual.

Ele nos trouxe o Evangelho e, com ele, mostrou-nos a possibilidade de seguirmos um novo caminho, que nos impulsiona a construirmos a própria grandeza espiritual e a mantermos uma verdadeira ligação com Deus.

O Divino Amigo nos apresentou a conduta adequada a todas as circunstâncias da vida.

A Boa Nova é roteiro infalível para alcançarmos a felicidade, que deve ser construída com base nas imutáveis leis Divinas.

E, a partir da vinda do sublime Galileu, o Evangelho prosseguiu transformando os corações, e continua assim fazendo, ao longo dos tempos.

Jesus sabe que ainda somos muito falíveis, mas que todos somos anjos em potencial. Também que há sempre a esperança na renovação do ser humano.

A obra regeneradora do Cristo não é obra que exclui aquele que erra. Ela é, antes de tudo, obra educativa.

Ele nos mostrou que não se reconstitui um mundo começando por fora e que essa regeneração do mundo é, na verdade, a regeneração de nós mesmos.

*   *   *

Deixemos que penetre em nosso espírito o amor desvelado do Cristo e, com certeza, encontraremos a luz que precisamos para iluminar nossos caminhos.

Não permitamos que um sonho comum a tantos de nós, o de viver em um lugar de paz duradoura, se perca no tempo de nossas vidas.

Busquemos a nossa melhora íntima e, dessa forma, estaremos trabalhando pela transformação de nosso planeta.

A Terra é hoje escola que, através de abençoadas provas, permite o nosso crescimento intelecto-moral.

Há de chegar o momento de vivermos intensamente em plenitude e harmonia.

Com pequenas e nobres ações, um mundo novo será construído.

Um mundo em que as leis Divinas serão os nossos códigos.

Um mundo em que a fraternidade será nosso cotidiano.

Nesse mundo regenerado, Jesus poderá caminhar calmamente entre nós, porque a obra do Evangelho, a obra Divina no coração dos homens, terá se completado na intimidade de cada um de nós.

 

Redação do Momento Espírita, com base na palestra
A regeneração do mundo, de Haroldo Dutra Dias,
proferida na XV Conferência Estadual Espírita, em
Curitiba/Pr, no dia 9 de março de 2013.
Em 25.6.2013.

 

Escute o áudio deste texto

© Copyright - Momento Espírita - 2020 - Todos os direitos reservados - No ar desde 28/03/1998