Momento Espírita
Curitiba, 07 de Agosto de 2020
busca   
no título  |  no texto   
ícone Educação cristã

Você já abraçou algum familiar seu nestes dias?

Agradeceu a sua família, ou a seus amigos, os benefícios que tem recebido?

Já contemplou o dia e pensou como tem motivos para ser mais feliz?

Quando paramos para pensar como são importantes essas coisas que, às vezes, nos parecem tão pequenas, observamos que a gratidão e a gentileza são peças fundamentais em nossas vidas.

Facilitam-nos o entendimento com os que nos rodeiam, e nos permitem um crescimento moral maior.

Nos exercícios da gentileza e do agradecimento, passamos a amealhar tesouros incalculáveis ao nosso coração que, encharcado pelos valores morais elevados, expressa mais atenção e zelo pela vida.

O exercício dessas grandes virtudes se faz mais fortalecido quando o ser passa a ter fundamentadas as suas bases na educação.

Educação que se tem feito esquecida, na sociedade atual. Não falamos apenas da educação no sentido de conhecimento.

Falamos da educação que trabalha a moral do indivíduo e que tem valioso conteúdo embasado na educação cristã.

Se observarmos mais atentamente a sociedade terrestre, vamos perceber que o ser tem caminhado por caminhos difíceis nos momentos atuais.

Essas dificuldades têm se dado, tantas vezes, pela ausência do grande guia da Humanidade, a educação.

Relegam-se crianças e moços ao abandono da educação, desfortalecendo aqueles que são as bases da sociedade futura.

Percebemos nos educadores mais desatentos as dificuldades se apresentando algumas vezes nestes termos: Ele é muito pequeno. Ainda não me compreenderá!

Quando crescer, então dar-me-ei ao trabalho de educá-lo!

Quero dar liberdade aos meus filhos. Se não desejarem a diretriz religiosa, esperarei que cresçam, a fim de escolhê-la, ou não.

Não podemos impor aos nossos filhos o que temos por nossa fé. Deixemo-los livres.

Contudo, os pais são responsáveis pelo coração infantil. Deverão guardar enobrecedora confiança Divina e converter as joias, que são seus filhos, em mensageiros da renovação e do crescimento, para o progresso social.

É hora de se educar para a vida e as bases cristãs se fazem primordiais.

Viver a mensagem do Cristo é um aprendizado diário para quem educa e, principalmente, para quem é educado.

Seguindo as diretrizes seguras da educação cristã, o homem terá fortalecido em seu coração os hábitos morais mais elevados.

Hábitos não se prenderão apenas à gentileza e ao agradecimento, mas se estenderão para uma vida mais enobrecida.

*   *   *

Enquanto permaneças no corpo, vive de tal forma que, em te chegando o momento da partida, estejas equipado com paz e valores relevantes para oferecer aos amores que te precederam e que te aguardam, igualmente ditosos, cantando um poema de gratidão em irisado amanhecer de sobrevivência feliz.

 

Redação do Momento Espírita, com base no cap. 7,
do livro
Cintilação das estrelas, pelo Espírito Camilo,
psicografia de Raul Teixeira, ed. Fráter e no cap. 19, do
livro
Receitas de paz, pelo Espírito Joanna de Ângelis,
psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. LEAL.
Em 20.11.2013.

© Copyright - Momento Espírita - 2020 - Todos os direitos reservados - No ar desde 28/03/1998