Momento Espírita
Curitiba, 05 de Junho de 2020
busca   
no título  |  no texto   
ícone Esse novo mundo...

Vivemos na Terra um momento de muita riqueza espiritual.

Em cada lugar que vemos uma criança, impossível não perceber o potencial interior que traz em si.

Em um recente programa da mídia vimos dezenas delas com elevado talento artístico.

Sensibilidade incrível associada, especialmente, à música.

Não houve quem, em assistindo, não se admirasse do cabedal de cada uma delas.

Porém, comentários abordam não somente a sua capacidade musical e técnica, mas outras características, como a meiguice, a beleza, a educação.

Algumas com comportamento ético-moral contagiante.

Em nossos lares, também, sem apresentarem a genialidade que possa ser admirada pelo mundo, temos exemplos de crianças maravilhosas.

Como aquela menina de apenas dois anos, que se dirige para a casa da avó, todas as manhãs.

Quando encontra a porta levemente aberta, como se estivesse à sua espera, fala: Vovó, cadê você? Eu vim para dar um beijo.

Entra e procura pela avó, que se esconde para criar mais expectativa, até que o encontro se faz entre muitos abraços, beijos e declarações de amor.

Diz a avó que o sorriso da menina parece um sol brilhando.

E o encontro das manhãs continua com canções, brincadeiras, muitos sorrisos.

Por sua vez, surpreende a criatividade de uma pequena, que ainda não completou dois anos. Apenas observando a irmã, consegue escrever o próprio nome e o dos pais.

Mas, aquele menino de quatro anos, atento a tudo ao seu redor, encanta pela forma como já entende o que sejam normas de trânsito e cuidados ecológicos.

Pai, você não viu que o sinal está vermelho? Por que você não parou?

Mãe, por que você jogou fora aquele papel? Devia guardar para usar do outro lado.

E a lista das crianças excepcionais, habitantes desse mundo novo, que se delineia, não para: ali é um garoto de seis anos, encantado pela robótica e que já construiu, sem maior esforço, alguns robozinhos.

A garotinha que nem sabe pronunciar corretamente as palavras, mas sussurra preces em que pede bênçãos para papai, mamãe e todo mundo.

*   *   *

Encontramo-nos em plena concretização dos tempos novos:

Uma geração nova está chegando, trazendo consigo valores intrínsecos, que auxiliarão a impulsionar o progresso em nosso planeta.

Este é o processo de renovação, idealizado pelo Pai Maior, através das leis naturais da vida.

Enquanto alguns ainda nos demoramos a adquirir valores morais e éticos, outros, com valores já conquistados, estão chegando.

A época atual é de transição, conforme anunciado.

Por enquanto estamos ainda misturados, joio e trigo.

Porém, em breve, o trigo se apresentará em abundância, alimentando as almas com moralidade, amor e caridade.

Assim se processa a renovação do mundo: uns partem encerrando um ciclo, outros chegam, com suas mentalidades abertas ao progresso, iniciando uma Nova Era.

Pensando nisso, colaboremos nós mesmos com o acelerar desse mundo novo, renovando-nos igualmente.

Redação do Momento Espírita.
Em 25.5.2016.

 

Escute o áudio deste texto

© Copyright - Momento Espírita - 2020 - Todos os direitos reservados - No ar desde 28/03/1998