Momento Espírita
Curitiba, 14 de Outubro de 2019
busca   
no título  |  no texto   
ícone Buscando a felicidade

Ser feliz é perseguir a realização dos sonhos, e entender que o mundo pode ser um lugar de alegrias.

Ser feliz é se entusiasmar com tudo o que podemos fazer hoje, e que talvez amanhã não possamos mais.

Ser feliz é espantar a tristeza, as preocupações, o desânimo para longe. E viver.

Ser feliz é ter Deus no coração e a certeza de que Ele jamais nos faltará.

Ser feliz é amar, sorrir, cantar, é iluminar tudo ao nosso redor.

Ser feliz é conseguir derrubar as barreiras do preconceito, que nos separam das demais pessoas.

Ser feliz é abrir as jaulas onde nos trancamos com nosso egoísmo e orgulho.

Ser feliz é ser capaz de trocar o cultivo do sofrimento por bênçãos de aprendizados.

Ser feliz é ter a certeza da presença de Deus, transformando a vida em hino de glória.

Ser feliz é fazer do amor as asas que nos permitirão alçar voos a imensas alturas.

*   *   *

Chega um dia na vida em que aprendemos que, por mais que soframos, o mundo não se detém para que descansemos;

Que o tempo não volta, esperando a nossa disposição para crescer ou para agir; que não adianta perseguirmos as borboletas, porque elas só virão a nós, quando plantarmos flores; que o amor precisa ser cultivado para vicejar, florir e frutificar.

Que o mundo é um jogo, onde a vida é cheia de regras que precisamos atender em nossa caminhada; que é necessário esquecer tristezas, cultivar o respeito a si próprio e ao próximo; que a vida na Terra é curta e não devemos perder tempo com ilusões; que é sempre valioso lutar, sonhar, amar, perdoar, conquistar amigos, sorrir; que as oportunidades não aproveitadas deixarão em nós somente um grande vazio.

Por isso, é importante não se deixar abalar pelas adversidades.

Não esmorecer e nem se entregar, frente às possíveis dificuldades; entender que o insucesso não significa derrota; que desanimar em meio ao caminho é perda de tempo; que não devemos desperdiçar a hora, olhando para trás, mas sim seguir em frente, ajudando a todos; que devemos viver o dia de hoje como se fosse o último que temos; que é bom manter nos lábios e no coração uma canção de alegria.

E lembrar que o valor de uma pessoa não está na beleza de sua face, nem na riqueza de seus bens, mas na sabedoria de suas palavras.

A riqueza que conta é a da alma.

Para melhorar o padrão de nossas vidas é necessário melhorar o padrão de nossas mentes.

Mentes negativas se assemelham a águas poluídas, que contaminam por onde passam.

Jamais desconsiderar as lágrimas, pois às vezes, elas são as únicas palavras que o coração consegue manifestar.

Se certas lágrimas se solidificassem, tornar-se-iam valiosas pérolas a ornar as almas que sofrem.

Amor verdadeiro o tempo não destrói, nem a distância separa.

Porque o amor é a essência Divina que perfuma as almas que o sabem cultivar, valorizar e distribuir.

Redação do Momento Espírita.
Em 7.1.2017.

 

Escute o áudio deste texto

© Copyright - Momento Espírita - 2019 - Todos os direitos reservados - No ar desde 28/03/1998