Momento Espírita
Curitiba, 06 de Julho de 2020
busca   
no título  |  no texto   
ícone Aproveite bem

Costumamos utilizar uma expressão bastante curiosa, quando falamos com alguém que está em viagem turística, ou em alguma experiência de aprendizado longe de casa: Aproveite bem!

É um desejo singelo de quem quer o bem do outro.

Reflexionando um pouco, a expressão parece óbvia, pois, sem dúvida alguma, quem faz esse tipo de programa, de viagem, faz para aproveitar.

Quem planeja uma viagem, normalmente o faz com detalhes, deseja conhecer outras culturas ou enriquecer os olhos, a mente e o coração, com paisagens diferentes, esplendorosas.

Em teoria, não precisaríamos dizer Aproveite. Seria como dizer Ouça, a alguém que vai a um concerto de um artista que gosta muito.

Isso em teoria, pois acabamos criando esse voto cordial em função de que nem sempre tiramos proveito de tudo que as experiências da vida nos oferecem.

É como se as pessoas tivessem que nos lembrar de que merecemos ou mesmo que precisassem nos ajudar a desligar dos problemas do dia a dia para absorver, curtir melhor essas oportunidades únicas.

São reflexos destes tempos atribulados que vivemos, tempos de ansiedade e preocupações excessivas.

Poderíamos também pensar agora numa outra viagem, na maior delas, na nossa jornada da existência terrestre.

Cada vez que voltamos a habitar um planeta, no que conhecemos como reencarnação, também nos despedimos de um mundo, de um lar, o lar do Espírito.

E lá, aqueles que acompanham nossa partida, vibram, torcem e trabalham pelo nosso sucesso aqui.

Muitos desejos de Aproveite bem nos inspiram a coragem, recarregam nossas forças e colaboram para o sucesso de mais uma empreitada no corpo.

Aproveite bem, eles dizem. Aproveite para aprender tudo que a vida pode ensinar. Seja curioso, desbravador e corajoso.

Aproveite as chances de reparação, os momentos de reconciliação, de estar de volta com aqueles que, de alguma forma, tiramos dos trilhos por nossa imprevidência.

Aproveite para amar e não se preocupe tanto em ser amado. O amor nos preenche, nos vivifica, nos dá sentido existencial e faz com que estejamos sempre bem acompanhados espiritualmente.

Aproveite o sofrimento também. Faz parte desse mundo. É instrumento depurador. Aprenda com ele, sem vê-lo como inimigo feroz que deseja seu mal.

Aproveite os momentos felizes. Eles nos dão forças. Se quisermos, se nos esforçarmos por conquistá-los e percebê-los, poderão ser muitos.

Aproveite a vida em família, compromisso primeiro de cada nova encarnação. Não a relegue a segundo plano, não a abandone, não a menospreze.

Aproveite bem. Não se permita cair no automatismo de dias iguais, de dias enfadonhos, nada produtivos, que só levam à frustração e ao vazio.

*   *   *

Cada minuto de vida é tesouro valioso que recebemos do Criador.

Uns o enterramos debaixo da terra. Outros o fazemos render timidamente. Finalmente há aqueles que o multiplicamos por muitas vezes e saímos do palco terrestre enriquecidos, renovados e mais felizes do que chegamos.

Pensemos nisso. Aproveitemos bem.

Redação do Momento Espírita.
Em 10.2.2020.

 

 

Escute o áudio deste texto

© Copyright - Momento Espírita - 2020 - Todos os direitos reservados - No ar desde 28/03/1998